Sobre o Prêmio

Quando alguém dedica sua vida à ciência e à tecnologia, seu trabalho evolui, e o mundo evolui junto. Isso é legado. E é para reconhecer esse trabalho que, em 2019, o Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia foi criado.

Chegando agora à sua terceira edição, o Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia se consolida como a maior premiação de reconhecimento científico do país, voltada àqueles profissionais que tanto engrandecem a produção científica e tecnológica brasileira.

Categorias

Ciência

Para pesquisadores que colocaram o Brasil em destaque no cenário científico mundial.

Tecnologia

Para profissionais que tenham gerado impactos relevantes ao país no desenvolvimento de aplicações práticas.

Prêmio

R$ 500.000,00 para cada categoria

Como participar

As inscrições para a terceira edição do Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia já estão abertas, e, até o dia 18/03/2021, os próprios candidatos podem se inscrever voluntariamente ou serem indicados por instituições e empresas.

Podem concorrer profissionais que tenham desenvolvido produtos, processos, metodologias e/ou serviços inovadores nas áreas de Ciência da Computação, Ciências da Terra, Ciências da Vida, Engenharias, Físicas, Matemática e Química.

Avaliação

A apuração do vencedor de cada categoria será realizada por uma comissão julgadora independente, composta por sete membros de notório saber nas áreas do Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia. Serão avaliados dois critérios:

  • Criatividade e originalidade;
  • Contribuição e impacto para ciência ou desenvolvimento e inovação.

Conheça a comissão julgadora

Cronograma

1

Abertura para inscrições e indicações 2/2

2

Indicações e inscrições De 2/2 a 18/3

3

Upload dos currículos e textos descritivos De 2/2 a 18/4

4

Prazo de julgamento De 4/5 a 4/7

5

Comunicação aos vencedores 15/7

6

Pagamento aos vencedores 30/7

7

Cerimônia de premiação Agosto de 2021

Edição anteriores

Em suas duas primeiras edições, o Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia recebeu, ao todo, quase 400 inscrições de 18 estados brasileiros. Conheça os vencedores das edições anteriores:

Vencedores 2020

Ciência

Cesar Gomes Victora

Cesar Victora é Professor Emérito de Epidemiologia na Universidade Federal de Pelotas, onde coordena o Centro Internacional de Equidade em Saúde. Ocupa também cargos honorários nas Universidades de Harvard, Oxford e Johns Hopkins. Desde a década de 1970, tem atuado nas áreas de saúde materno-infantil, coortes de nascimento, desigualdades em saúde e avaliação de impacto de programas de larga escala. O Prof. Victora é membro da Academia Brasileira de Ciências (2006) e da The World Academy of Sciences (2018), havendo atuado como Presidente da Associação Epidemiológica Internacional de 2011 a 2014. Possui mais de 750 artigos publicados, com um índice H de 95 (mais de 40.000 citações) conforme o Web of Science, instituição que em 2018 e em 2019 o classificou entre os 1% de cientistas mais citados no mundo. Em 2017, recebeu o Prêmio Gairdner de Saúde Global, no Canadá. Atualmente, atua na coordenação da pesquisa EPICOVID-19, que monitora a progressão da pandemia de coronavírus em 133 cidades brasileiras.

Tecnologia

Fernando Galembeck

Fernando Galembeck tem uma extensa carreira de professor universitário, na qual sempre fez pesquisa de fronteira em materiais, criando soluções para problemas industriais, econômicos e sociais. Realizou descobertas que geraram atividades de P&D em empresas e produtos industriais, ao mesmo tempo em que atuou como consultor e executor de P&D em indústrias de transformação, de vários setores. Pôde assim perceber importantes lacunas científicas, o que permitiu novas descobertas em paralelo com a criação de novos produtos e processos de fabricação. Atuou em materiais elétricos, borrachas e termoplásticos, tintas e revestimentos, adesivos, tenso-ativos e hoje desenvolve condutores elétricos de fontes renováveis e nano-materiais coletores de energia ambiental. Número de patentes listadas no Derwent Innovation Index: 36 (algumas têm mais de vinte extensões). Número de produtos introduzidos no mercado: 8. Número de artigos (Web of Science): 286).

Vencedores 2019

Ciência

Marcelo Viana

É pesquisador titular e diretor-geral do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). Especialista na área de Sistemas Dinâmicos, já orientou 39 doutores e 20 mestres. Foi presidente da Sociedade Brasileira de Matemática e vice-presidente da União Matemática Internacional. Recebeu diversas distinções, como o Grande Prêmio Científico Louis D., da França, e é membro das Academias de Ciências do Brasil, do Chile, de Portugal e do Mundo em Desenvolvimento (TWAS). Organizou o Congresso Internacional de Matemáticos ICM 2018 e escreve semanalmente na Folha de São Paulo.

Tecnologia

João Batista Calixto

Graduado em Ciências Biológicas pela UnB e doutor em Farmacologia pela USP. Professor titular de Farmacologia aposentado da UFSC, pesquisador nível 1A do CNPq, membro da Academia Brasileira de Ciências e diretor do Centro de Inovação e Ensaios Pré-Clínicos. Possui mais de 400 trabalhos publicados internacionalmente, com mais de 56.000 citações via Web of Science, Scopus e Google Scholar. Foi editor em revistas internacionais, orientou 38 dissertações de mestrado, 37 teses de doutorado e 36 estudantes de pós-doutorado. Proferiu mais de 350 palestras pelo mundo, possui 24 patentes no Brasil e no exterior, participou do desenvolvimento de 3 produtos que estão no mercado e de outros que estão em estudos clínicos.

Perguntas Frequentes

1. O qué é o prêmio?

Promovido pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), o Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia reconhece o legado de profissionais que se dedicam à produção científica e tecnológica brasileira. Poderão concorrer profissionais que tenham desenvolvido produtos, processos, metodologias e/ou serviços inovadores nas áreas de Ciências da Computação, Ciências da Terra, Ciências da Vida, Engenharias, Física, Matemática e Química.

2. Quem pode se inscrever?

O Prêmio é composto por duas categorias:

Prêmio CBMM de Ciência – poderão participar desta categoria os candidatos ou grupos de candidatos que tenham desenvolvido obras científicas nas áreas de conhecimento especificados no item I acima, de reconhecido valor para o desenvolvimento científico e de impacto para a colocação do Brasil em destaque no cenário mundial da ciência.

Prêmio CBMM de Tecnologia – poderão participar desta categoria os candidatos ou grupo de candidatos que tenham contribuído para a pesquisa ou o desenvolvimento de processos, produtos ou metodologias, em áreas aplicadas, e que tenham produzido impacto econômico, ambiental ou social relevante para o desenvolvimento do Brasil.

3. Quem pode indicar?

Qualquer universidade, instituto de pesquisa ou empresa com foco em desenvolvimento tecnológico poderá indicar candidatos, mas as inscrições e a submissão de documentação devem ser realizadas pelos próprios candidatos indicados. Poderão ser indicadas até cinco (5) candidaturas de uma mesma instituição em cada uma das categorias, totalizando dez (10) indicações por instituição.

4. Fui indicado ao Prêmio CBMM. Por que devo me inscrever?

O Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia reconhece os esforços e o comprometimento dos profissionais em prol de uma sociedade mais equilibrada e sustentável. O vencedor de cada categoria será contemplado com um prêmio no valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) em certificado de barras de ouro.

5. Posso me inscrever sem ter sido indicado?

Sim. Você pode fazer sua autoinscrição clicando aqui.

6. Qual o prazo para inscrição?

As indicações e inscrições devem ser feitas de 2 de fevereiro a 18 de março. Depois, os candidatos têm até 18 de abril para atualizar os textos e fazer o upload de seus respectivos currículos no site.

7. Qual o valor da inscrição?

A participação é totalmente gratuita e não exige taxa de inscrição ou qualquer outra forma de pagamento.

8. Quando acontecerá a premiação?

A comissão julgadora independente fará a análise das inscrições entre os dias 4 de maio e 4 de julho, e os resultados serão divulgados no dia 15 de julho. Os ganhadores receberão os prêmios até 30 de julho. O evento de premiação acontecerá no mês de agosto.

9. Como é realizada a avaliação?

A gestão do concurso será conduzida por um comitê executivo composto por membros da CBMM, que será responsável por coordenar o processo e submeter as candidaturas a uma comissão julgadora. Previamente à apuração dos vencedores, entre 4 de maio de 2021 e 04 de julho de 2021, será realizada a fase de “enquadramento” dos participantes, na qual as candidaturas serão verificadas pelos membros do comitê executivo, que utilizará os critérios adiante definidos para admitir (e manter o participante no concurso) ou rejeitar (e, consequentemente, desclassificar) os candidatos. São os critérios dessa fase: (i) adequação das candidaturas ao regulamento e à proposta das categorias; e (ii) autoria (relação de origem entre autores e pesquisas, constatação se o inscrito é realmente autor das contribuições submetidas). Somente as candidaturas enquadradas pelo comitê executivo continuarão participando do concurso.

10. Como são definidos os vencedores?

O concurso contemplará dois (2) vencedores, sendo um (1) em cada categoria. A apuração será realizada por uma comissão julgadora composta por até sete (7) membros de notório saber nas áreas do concurso. Os componentes desse grupo são divulgados no site. A comissão julgadora utilizará os seguintes critérios para a definição dos vencedores: (i) originalidade e criatividade; e (ii) contribuição e impacto para a ciência ou desenvolvimento e inovação. A decisão da comissão julgadora é soberana, inquestionável e irrecorrível.

11. Como será divulgado o resultado?

Os candidatos vencedores serão contatados por meio do e-mail ou telefone informados no momento da inscrição até o dia 15 de julho de 2021. Os resultados também serão divulgados na página do concurso no mesmo dia.

12. Qual o valor do prêmio?

O prêmio constitui-se em R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para cada vencedor das categorias.

Veja mais

Contato